,

Turistas filmam e fazem insultos racistas enquanto um refugiado AFRICANO se afogava em Veneza

Já fiz isso
Já fiz isso

Um refugiado africano afogou-se no Grande Canal de Veneza, quando dezenas de turistas observavam de barcos próximos, e filmaram a cena com seus smartphones, sem fazerem nada para o salvar. Pateh Sabally, de 22 anos, natural da Gâmbia, deixou o seu país há dois anos para viver em Itália.

As imagens, gravadas no domingo, dia 22, mostram pelo menos três bóias a serem lançadas à água. É possível ainda ouvir várias pessoas a gritar.  Uma delas terá dito: “Deixa-o morrer”. “Vai em frente, volta para casa”.

O chefe local da associação italiana de salva-vidas criticou a falta de acção das pessoas. “Não quero culpar ninguém, mas talvez algo mais poderia ter sido feito para salvá-lo”, disse Dino Basso.

Ao que tudo indica o migrante terá tentado o suicídio, por lhe ter sido negada permissão para ficar em Itália.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *