Hoje, além de vítima de estupro, ela está paraplégica e ele APENAS pegou 5 anos de prisão.

Jornalismo Positivo

Turista cai de penhasco de 45m e é violentamente abusada na Tailândia

Hoje, além de vítima de estupro, ela está paraplégica e ele APENAS pegou 5 anos de prisão.

Um homem tailandês que foi condenado por ter violado uma jovem turista norte-americana que tinha acabado de cair de um penhasco viu a pena ser reduzida para metade após ter confessado o crime.

Thai Apai Ruangwong tinha sido condenado a 10 anos, mas vai ficar preso apenas cinco, pois admitiu ter arrastado Hannah Gavios para a selva e ter abusado dela durante 10 horas – enquanto a americana estava gravemente ferida.

A jovem de 23 anos não se conseguia mexer porque tinha partido a coluna durante a queda. Hannah foi resgatada no dia seguinte e ainda está a recuperar das lesões graves na coluna e na cabeça, num hospital em Nova Iorque. Os médicos estimam que a recuperação demore cerca de dois anos. Durante este período, a jovem vai ter de reaprender a andar.

O ataque aconteceu em setembro, quando Hannah Gavios esta de férias na Tailândia. No dia em que chegou ao país, a jovem norte-americana perdeu-se a caminho do hotel, na província de Krabi, e parou numa loja para pedir indicações.

Ruangwong, de 28 anos, ofereceu-se para lhe indicar o caminho, mas levou-a para a selva, onde tentou violá-la. Hannah conseguiu fugir, mas caiu de um penhasco de mais de 45 metros.

Faz Play Neste Vídeo


“Eu bati com a minha cabeça algumas vezes e aterrei num grande alto. Estava a gritar de dores. Foi a maior dor que alguma vez senti. Pensei que ia morrer.”

O homem conseguiu encontrá-la e abusou dela durante várias horas, enquanto a jovem estava completamente incapacitada, antes de a abandonar no local. “Eu senti-me como um vegetal. Senti-me completamente vulnerável. Não me conseguia mexer”, contou.

A redução da pena para metade revoltou os pais de Hannah, que dizem que a confissão não é suficiente para compensar pelos danos. Hannah vai sofrer as consequências deste ataque “pelo resto da vida”, disse Gwen, mãe da jovem.

Os pais de Hannah montaram uma angariação de fundos no site Go Fund Me para conseguirem cobrir as despesas médicas da filha, que já ultrapassaram os 200 mil dólares, cerca de 182 mil euros

Comentários

Somos a plataforma preferida da Geração-Y para os tópicos mais quentes e mais na moda dos dias de hoje, desde política a relacionamentos e tudo o que se encontra pelo meio.

CoffeeBreak © 2016 - Todo o conteúdo pertence aos seus utilizadores.

To Top

QUERES MAIS HISTÓRIAS COMO ESTA?

O botão mágico abaixo entrega-te as melhores histórias no Facebook.