Connect with us

Estou prestes a tornar o teu dia bem melhor: baseado num recente estudo, tequila pode ajudar na perda de peso.

Sim, leste correctamente. TEQUILA VAI AJUDAR-TE A PERDER PESO.

Não só vai ajudar-te no processo de perda de peso, mas também vai ajudar-te a baixar os teus níveis de açúcar no sangue. São óptimas notícias para as pessoas que sofrem de diabetes tipo-2.

Um estudo recente da American Chemical Society abençoou-nos com esta fantástica informação neste glorioso dia.

Basicamente a agavina, um açúcar que vem da planta agave usada para produzir tequila, aumentou a produção de insulina e baixou os níveis de açúcar numa experiência conduzida em ratos.

Agavina, ao contrário da sacarose, frutose e glicose, não é absorvida pelo corpo, por isso não vai aumentar a glucose no sangue.

Consigo ouvir um “aleluia”? Sim, estou a falar contigo.

Não estamos a dizer para começares a incluir tequila em cada refeição, no entanto — estas agavinas são actualmente um tipo de fibra que cria uma sensação de saciedade, logo suprimindo o apetite.

Os cientistas que conduziram este estudo acreditam que a agavina é um substituto adoçante viável porque, “são açúcares, altamente solúveis, têm um baixo índice glicémico, e um sabor neutro, mas mais importante, não são metabolizados pelos humanos”.

Só o facto de existir potencial para criar um diferente tipo de adoçante que baixe os níveis de açúcar já é uma revolução.

Continua connosco enquanto os estudos e testes continuam…

Comments

Ainda Estás Bêbado

8 Razões porque o vinho é muito melhor que qualquer namorado

Vamos desistir dos homens e ceder ao vinho. Quero dizer, parece apenas que há mais motivos para casar com uma boa garrafa de Barefoot ou Naked Grape.

Published

on

É Sexta-Feira à noite e tiveste uma semana infernal.

Estou a falar dos piores clientes, o teu patrão tem sido extraordinariamente duro contigo, não tiveste um único dia de cabelo decente, as tuas sobrancelhas estão longe de estarem perfeitas e descobriste que o homem em quem estavas de olho tem uma namorada.

Em todo o caminho para casa só pensas em quão espectacular será um grande copo de vinho. Enquanto fantasias por trás o guiador, até consegues saborear o êxtase das uvas fermentadas e esmagadas na tua língua.

  1. Ele está sempre lá. O vinho jamais estará indisponível. Mesmo que o teu tipo preferido esteja fora de stock, há sempre um suplente que é relativamente parecido em sabor que vai servir por enquanto.
  2. Não tens de explicar-te ao vinho. O vinho não se importa se mandaste mensagens de conteúdo sexual a 3 homens diferentes em um dia ou mesmo se dois deles eram colegas de trabalho e o outro era o teu patrão. Está tudo bem no bairro com o vinho.
  3. O vinho é tão barato ou tão caro quanto tu queiras que ele seja. Se é dia receber, podes mimar-te com algo um pouco mais luxuoso, mas na maior parte dos dias, contentas-te perfeitamente com uma boa garrafa de 4$ da ArborMist.
  4. O vinho pode ser tão doce, tão seco ou tão amargo quanto tu queiras que ele seja. É a Burger King do álcool, se assim o quiseres.
  5. O vinho jamais te julga. Se a tua bebedeira de vinho te levar a uma taça de mistura de bolo ou uma grande fritadeira, que assim o seja. O vinho não vai ficar ciumento, desde que estejas feliz.
  6. O vinho dá-te coragem. Sabes aquele homem de quem tens estado a falar há meses e ao qual recusas-te a mandar mensagem com o medo da rejeição? Bem, adivinha a quem vais mandar mensagem logo à noite! Está tudo bem, estrela de rock!
  7. O vinho jamais deixa-te. Quando uma garrafa fica vazia, há sempre outra à espera de ser aberta; Outra rolha à espera de ser tirada e um copo à espera de ser cheio com a delicia e depois pressionado aos teus lábios.
  8. O vinho não responde. Está tudo dito.

Vamos desistir dos homens e ceder ao vinho. Quero dizer, parece apenas que há mais motivos para casar com uma boa garrafa de Barefoot ou Naked Grape. Da próxima vez que alguém perguntar pelo “Alto, moreno e bonito” leva-lhes uma garrafa de Casal Garcia.

Continue Reading

Ainda Estás Bêbado

Para a mulher que necessita perpetuamente de um copo de vinho

Vinho para a frente, minha companheira bêbada.

Published

on

Primeiro de tudo, eu percebo-te. O vinho é literalmente o melhor presente dos deuses.

A vida é bahh e o trabalho é uhhh e o álcool é yaaaaaaa. Sabes o que quero dizer? O vinho é especialmente brutal porque é o relaxante derradeiro e sabe mesmo bem.

Por isso em dias quando tudo dói, especialmente os teus olhos porque já os rolaste hoje mais de 50 vezes, precisas de vinho.

Podem ser 10h da manhã, mas o bêbado verdadeiro sabe que o vinho é brutal a qualquer hora e em qualquer lugar. Então, podes esgueirá-lo para o cinema ou pô-lo num copo da Starbucks no caminho para o trabalho. Acontece.

O vinho sabe melhor após um longo dia, sem calças, quando um filme da Netflix que já viste está a passar suavemente em segundo plano. Por isso embora as pessoas não prestem e tenhas de constantemente da fazer barulhos infelizes durante o teu dia – como blahhh ou uhhh acompanhados por longos suspiros dramáticos, sabe apenas que tens vinho à tua espera em casa.

O teu vinho está a refrescar no frigorífico, à tua espera, como um doce namorado que massaja os teus pés depois de um longo dia; porque o vinho, num sentido, massaja os pés da tua alma; e a melhor parte é que não precisas de ouvir o dia dele no final disso.

O vinho é para o introvertido, lamentador interno, que apenas realmente precisa do raio de uma pausa. Por vezes essa “pausa” que precisas pode vir às 10h da manhã, quando vês um gajo bom a tropeçar do quarto das tuas colegas de casa e ele olha-te com um sorriso triste assim que te vê sentada no sofá com um pijama-macacão que ao que parece é a única coisa gira que usas para uma foto de grupo no Instagram – Eu percebo.

Eu percebo que por vezes as pessoas te deem olhares estranhos à medida que bebes durante o dia e ainda assim tu dás zero merdas enquanto pedes um copo de Chardonnay ao lanche mesmo que mais ninguém o faça. Não queres saber do julgamento e isso é impressionante.

Se alguma vez sentires o julgamento tornar-se demasiado para se aguentar, simplesmente finge que pensaste que estavas a beber água, depois olha para o teto e diz “Lá estás tu de novo Jesus!”. Jesus é conhecido por transformar a água em vinho. Por isso não é, NÃO é possivelmente impossível.

O vinho é mais barato do que terapia. Enquanto possa ser tecnicamente mais saudável chamar uma amiga para falar sobre o teu dia, tu preferes bebe-lo. Troca por vezes com um banho ou uma nova máscara facial porque mesmo o mais bebedor profissional de vinho sabe que há um limite.

Não estás sozinha nesta relação com vinho. O vinho tem confortado mulheres jovens lindas desde sempre e mereces o relaxamento. Estamos nisto juntos – ao estilo do Musical do Secundário. O vinho é o Musical e Primavera (como diz a Sra. Darbus) e todos nós o amamos secretamente – então vamos bebê-lo juntos? Está bem, talvez isto seja um uso pobre da metáfora do Musical do Secundário, mas tu entendes.

Por isso vai em frente e diz aos teus amigos que estás ocupada, ou melhor, atira-lhes com uma mensagem a dizer “EMERGÊNCIA DE VINHO. PRECISO DE UM COPO AGORA”. Beber vinho juntos e lamuriarem-se juntos.

Faz um perfil no Tinder e põe na tua biografia “Numa relação séria com o Vinho.” porque não queres saber. Talvez encontres um namorado que tenha uma vinha, porque não é, não é possivelmente impossível possível.

Faz o que quiseres menina. Apenas tenta não mandar mensagens ao teu ex-namorado ou ao teu patrão quando estiveres bêbada, ou ao teu ex-patrão porque nem sequer o teu vinho consegue resolver esse erro.

Vinho para a frente, minha companheira bêbada.

(Este artigo foi escrito por alguém que já bebeu demasiados copos de Chardonnay às 2h da manhã. Sou uma de vocês.)

Texto original de Coffeebreak protegido por copyright. Qualquer reprodução é expressamente proibida, mesmo citando a fonte.

Continue Reading

Ainda Estás Bêbado

14 Razões porque o vinho será o melhor relacionamento que já tiveste

Um bom homem pode fazer sentires-te atraente, forte e capaz de enfrentar o mundo. Oh espera, isso é vinho. O vinho faz isso.

Published

on

Um bom homem pode fazer sentires-te atraente, forte e capaz de enfrentar o mundo. Oh espera, isso é vinho. O vinho faz isso.

Quem precisa de um relacionamento quando tens vinho? Não precisas de te preocupar com as tretas de outra pessoa e está sempre lá para te confortar nas alturas mais difíceis – e nas celebrações mais excitantes. Há sempre tempo para o vinho.

Aqui está o porquê que provavelmente o vinho será o teu amigo mais chegado e a relação mais engraçada de sempre:

1. Porque um copo de vinho pode ser equivalente a uma hora no ginásio. Não, a sério, há ciência por detrás disto.

2. Porque mais é melhor. Quando estás bêbado de vodka ou tequila, vais dizer alguma merda, mas quando estás bêbado de vinho – o que quer que seja que digas, de alguma maneira parece que sabes sobre do que c*ralho estás a falar.

3. Nunca parecerás grávida da maneira que pareces depois da cerveja.

4. Faz te sentir sexy – mesmo que os teus dentes estejam mesmo roxos.

5. Faz tudo melhor – com a quantidade certa de vinho, todos os problemas de relacionamento não parecerão tão mais – nem sequer estás chateada.

6. Tecnicamente é fruta.

7. Nunca vai cancelar contigo. O vinho é estável e confiável dessa maneira. Não tens de preocupar com o drama ou stresse de alguém – com um copo de vinho do teu lado tudo estará bem.

8. É sempre delicioso. A única maneira de estragar vinho é por não encher o copo.

9. Porque tu podes beber um ou dois copos de vinho na tua pausa do almoço e ninguém notará a diferença. Na realidade, provavelmente terás melhor desempenho.

10. Podes bebê-lo em frente aos teus pais sem que eles pensem que és alcoólica. “Vês pai, não sou uma alcoólica, sou apenas… elegante.”

11. Não importa o que fazes, sentes te como se fosses a merda. Provavelmente pareces maluca mas nem sequer te importas.

12. É a melhor bebedeiras que alguma vez terás. E o melhor sono – confortar-te-à até que adormeças no teu sono mais confortável de sempre.

13. Ele não julgará o teu chorar feio. O vinho não se importa.

14. Na verdade, não há como desligares os teus sentimentos com vinho. É perfeito para celebrares aquela excitante promoção, ou se precisares de uma terapia de choro. O vinho não te julga.

Texto original de Coffeebreak protegido por copyright. Qualquer reprodução é expressamente proibida, mesmo citando a fonte.

Continue Reading

Mais Populares