, ,

Por ti vou até ao fim do mundo! (Por mim até onde irás tu?)

Até onde vamos por Amor? – Até ao fim do mundo!

A resposta mais comum que quase se transforma em banalidade. Mas não é, não para quem a diz. É sincero e nem sempre temos esse momento de sinceridade.

Perguntem a cada pessoa a quem os olhos brilham só de ouvirem o nome do seu amor. Que ficam sem ar, sem palavras e apenas sai um suspiro… A resposta será essa: “Vou até ao fim do mundo!”.

Eu acredito nessa resposta. Acredito que todos nós por Amor somos capazes de fazer o que seria impensável ou até mesmo impossível.

Só gostava que a seguir se fizesse a pergunta para um milhão de euros:
“E o vosso Amor?
Iria até ao fim do mundo?
Vai segurar a vossa mão por muito que o caminho se transforme em montanhas?
E atrás das montanhas as mãos tremam com as dúvidas ao ver ainda mais montanhas sem se ver o fim?
Passar por desertos de areia onde o sol brilha tanto que queima qualquer esperança e noção de realidade até vermos oásis atrás de oásis que não existem?
Esse vosso Amor vai com vocês até ao fim do mundo, seja qual for o significado dessa viagem?”

Porque se a resposta for SIM, não larguem mais essa mão pois ela estará com vocês sempre que precisarem. Sempre que as dúvidas ao longo do caminho surjam. Sempre que o cansaço sejam maior que a esperança. Até mesmo quando digam que não precisam, essa mão vai querer guiar-vos até ao fim do mundo que é as vossas vidas.

Mas… Se a resposta for NÃO… Levantem a cabeça. Olhem bem ao vosso redor. Vejam o que realmente pertence ao vosso mundo porque está na hora de seguirem em frente em vez de estarem parados com uma mão que vos segura em vez de vos levar a fazer a viagem da vossa vida.

Não queiram uma mão que vos segure e prenda a algo que na realidade não existe.

Procurem a mão que vos leva a sonhar e transformar esses sonhos em realidade sempre que as vossas mãos se unam! Porque essa sim é a vossa mão…

Criado por Susana Moreira

Profile photo of Susana Moreira

Eu escrevo. Eu partilho. Eu amo. Discutir é um modo de vida para mim, mas ouvir também. Tento desesperadamente ter aulas de yoga (não estou a conseguir). A minha prioridade nº1 é passar o microfone para quem nunca teve a oportunidade de falar e de ser ouvido. Assim o mundo será um lugar melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Vídeo em destaque