Connect with us

Celebridades

Mandado de detenção para irmão de Messi após aparecer coberto de sangue

Os problemas de Matías Messi com a justiça não são de agora.

Published

on

As autoridades argentinas emitiram um mandado de detenção para Matías Messi, irmão do futebolista Lionel Messi, depois de um incidente suspeito perto de Rosário, avança a imprensa local. O argentino, de 35 anos, atracou com uma lancha num clube de pescadores na localidade de Fighiera. Matías estava com a cara ensanguentada e cortada. A embarcação também tinha vestígios de sangue.

Depois de dar à costa, o homem explicou a um segurança que tinha embatido num banco de areia e daí os cortes na cara. O guarda em questão não alinhou nas explicações do irmão de Lionel Messi, e ao ver a lancha com sangue, chamou as autoridades, diz o El País.

De acordo com a agência Telam, quando a polícia chegou ao local encontrou um pistola semelhante a uma outra que já havia sido retirada a Matías Messi, por este não ter autorização para ter armas. Além disso, o sangue encontrado na lancha não coincidia com a versão dos factos de Matías. Assim, as autoridades colocaram em marcha os processos para localizar o argentino, segundo a suspeita de que poderá ter acontecido um crime na lancha, e que outra pessoa poderia ter estado presente na embarcação. O barco em que viajava estava sem matrícula e em situação ilegal.

Os problemas de Matías Messi com a justiça não são de agora. Em agosto teve um acidente de viação em “circunstâncias estranhas”, diz o El País, e já há alguns anos foram tornadas públicas fotografias de Matías com narcotraficantes. Em 2011, a sua casa foi alvo de disparos, sem que tenham sido esclarecidos os motivos.

Comments

Publicidade

Publicidade

Mais Populares