Connect with us

Fora Da Rede

Infecção causada por tampão leva jovem modelo a amputar pernas

Modelo de 29 anos foi diagnosticada com síndrome de choque tóxico.

Published

on

Lauren Wasser, uma modelo norte-americana de 29 anos, viu-se obrigada a amputar uma das pernas após ter contraído o síndrome de choque tóxico, causado por uma toxina bacteriana, que neste caso, estava alojada num tampão. Em declarações ao jornal Daily Mail, a jovem mostra-se consciente da condição em que vive e admite que mais tarde ou mais cedo terá de amputar também a outra perna.

Este síndrome pode ocorrer derivado da utilização de tampões e até de pensos higiénicos. Nos casos mais comuns, esta condição desenvolve-se quando uma mulher utiliza durante um largo período de tempo o mesmo tampão sem o mudar, algo que Lauren diz não ter acontecido.

A jovem começou por sentir sintomas que associou a uma simples gripe. Sozinha em casa, foi encontrada mais tarde inconsciente caída no chão, rodeada de vómito e fezes. Já no hospital, acabou por sofrer um ataque cardíaco que lhe causou a falência de alguns órgãos. Foi induzida em coma e diagnosticada com síndrome de choque tóxico, que já lhe tinha afetado as pernas.

Agora, a jovem manequim tem como missão prevenir e alertar outras mulheres e raparigas para os potenciais riscos de utilização de tampões e promover uma legislação mais transparente para os produtos de higiene feminina.

“Em alguns meses eu vou ter inevitavelmente de amputar a minha outra perna. Não há nada que eu possa fazer quanto a isso. Mas eu posso fazer algo para que isto não aconteça a outras mulheres”, sublinha Lauren.

Apesar de tudo, o problema de saúde não impediu Lauren de continuar a sua carreira de modelo. Apesar de ter uma das pernas amputadas e utilizar uma prótese, jovem tem sido protagonista de várias campanhas de moda e até de desfiles.

Vídeo em destaque

Comments

Publicidade

Publicidade

Mais Populares