Connect with us

Published

on

Hoje em dia existem poucas pessoas religiosas que acreditam em milagres. Mas, sem dúvidas, os milagres existem para continuar a manter a nossa fé em Deus e nos prometer a vida eterna. Esta história real é um exemplo para todos nós de que não devemos perder a fé e continuar a lutar pelo que acreditamos.

Uma mulher deu à luz a seu bebê de 7 meses em casa; em seguida, foram transferidos com urgência para um centro de saúde no Quênia, África. No entanto, depois de passar vários dias vivendo em uma incubadora, o bebê morreu. A mãe festava hospitalizada, porque estava muito debilitada após o nascimento prematuro.

A morte da criança deixou em choque estado todos os familiares; eles queriam fazer um velório para que todos comparecessem e prestassem as suas condolências ao pobre pai, já que a mãe estava no centro de saúde. Tudo mudou quando a avó do bebê teve um pressentimento e pediu que abrissem o caixão para ver o netinho.

E foi quando todos os presentes tiveram uma grande surpresa! O bebê estava vivo e sorrindo no caixão. Imediatamente, o pai levou o seu filhinho ao centro de saúde onde a mãe estava para fazer os exames médicos. O pai também exigiu uma explicação e a razão pela qual declararam que o bebê tinha morrido, quando estava vivo na verdade.

Comments

Publicidade

Publicidade

Mais Populares