16728

Dizem-te para não brincares com o fogo, que sempre te queimarás mas no que diz respeito a ti estou sempre disposta a lidar com o calor.

Amor F*dido Demais

Para o homem que é o meu maior desejo e nem sequer sabe disso

16728

Dizem-te para não brincares com o fogo, que sempre te queimarás mas no que diz respeito a ti estou sempre disposta a lidar com o calor.

“Eles chamam-lhe o fogo mas ele parece-se como afogar-me num peso do meu desejo ardente a fechar-se à minha volta. Eu não estava perdida até tu me encontrares.”

Eu controlava bem esta coisa chamada de vida. Sabia o caminho que estava a tomar, como o próximo dia seria e tinha um bom controle nas minhas emoções.

Isso foi até tu apareceres.

Viraste o meu mundo de cabeça para baixa sem sequer o saberes e foi preciso apenas um sorriso. As águas estavam calmas até invadires o meu navio. Agora as ondas estão a rebentar à minha volta e sinto-me como se fosse emborcar a qualquer momento.

Não me perguntaste se estava tudo bem em fazeres-me apaixonar por ti. Não marcaste a expectativa de que teríamos um futuro juntos. Não me avisaste que o meu coração se ia partir.

Faz Play Neste Vídeo


Em vez disso sorriste, fizeste-me apaixonar pelo teu sorriso e fizeste-me desejar a tua atenção. Tenho a certeza que não foi de propósito, não querias enlouquecer-me mas fizeste-o.

Ver-te tem se tornado cada vez mais difícil, mesmo sabendo que não consigo afastar-me. Embora o problema seja que quanto mais tempo eu passo contigo, deixa-me a querer mais. Quero mais horas, mais minutos, mais segundos, mais momentos e muito mais.

Quero mais abraços prolongados, afagos e tudo entre isso. Quero mais do que mensagens, conversas fiadas e saídas em grupo. Quero sair dias e noites, quero conversas na cama até tarde e abraçar-me até às primeiras horas da tarde.

Quero roubar a tua atenção e as tuas capas. Passar tempo juntos só nós os dois é muito bom, não é nada esquisito. É como quando te sentes que há um prato na tua frente com todas as tuas comidas preferidas nele ou a tua camisola de dormir preferida. É confortável estar contigo, sintome a salvo quando estou contigo. Confio em ti com tudo o que há em mim.

É uma tortura absoluta querer alguém que não te quer da mesma maneira. Chorei mais lágrimas do que eu possa imaginar e desejei estar perto de ti para preencher um vazio que tenho quando não estás ao meu redor.

Eu sei que é delirante e que preciso de sair desta fantasia que criei. Olho para ti e consigo ver um futuro com possibilidades sem fim. Quero abanar-te, dizer-te para me escolheres, para veres o quem está à tua frente, mas não o faço.

Quebro o meu próprio coração porque cada vez que falo contigo algumas coisas nunca mudam.

Não estava perdida até que tu apareceste despreocupadamente. Quando me encontraste, eu perdi-me. Perdi-me num fogo que queima tão brilhantemente por ti. Preciso de o apagar, ver o fumo e cinza assentarem e aceitar o facto que não há uma realidade onde tu e eu acabemos juntos.

Dizem-te para não brincares com o fogo, que sempre te queimarás mas no que diz respeito a ti estou sempre disposta a lidar com o calor.

“Queimo-me, Não sei quando voltarei, dá-lhe tempo. Sei que parece maluco mas acho que amo brincar com o fogo.”

Texto original de Coffeebreak protegido por copyright. Qualquer reprodução é expressamente proibida, mesmo citando a fonte.

Comentários

Somos a plataforma preferida da Geração-Y para os tópicos mais quentes e mais na moda dos dias de hoje, desde política a relacionamentos e tudo o que se encontra pelo meio.

CoffeeBreak © 2016 - Todo o conteúdo pertence aos seus utilizadores.

To Top

QUERES MAIS HISTÓRIAS COMO ESTA?

O botão mágico abaixo entrega-te as melhores histórias no Facebook.