era das aventuras

Curiosamente, os psicólogos estão a dizer que o pior erro que um jovem pode fazer hoje é crescer muito rápido.

Olhar Mais Além

Era da Aventura: Porque deves arriscar enquanto ainda tens 20 e poucos anos

era das aventuras

Curiosamente, os psicólogos estão a dizer que o pior erro que um jovem pode fazer hoje é crescer muito rápido.

Isto costumava ser, logo que completasses os 18 anos saías de casa, encontravas um trabalho, um cônjuge, e começavas a aparecer com bebés.

Hoje, porém, mais e mais pessoas estão a empurrar essas coisas para anos mais tarde, e parece ser extremamente benéfico.

De acordo com Psychology Today, os 10 anos mais influentes são das idades 18-28, dizendo que eles compreendem a década mais crucial na vida de uma pessoa. Erros cometidos durante estes anos têm um impacto desproporcional sobre os últimos anos na vida de uma pessoa.

Então, 20 e poucos anos, aqui estão algumas coisas que deves ter em mente ao tomares decisões nos próximos anos:
 

1. Não cresças depressa demais.

Curiosamente, os psicólogos estão a dizer que o pior erro que um jovem pode fazer hoje é crescer muito rápido. Significado, casam-se muito jovens, têm filhos muito cedo, ou entram num emprego a tempo inteiro muito cedo.

Faz Play Neste Vídeo


É incentivado aos 20 e poucos anos que prolonguem os estágios, explorem outras tentativas de aumentar o currículo, e trabalhem no desenvolvimento mental antes de se estabelecerem.


2. Trabalhar ou brincar?

Muitas pessoas andam a debater a prioridade de trabalho ou lazer nos seus 20 e poucos anos. Claro, a melhor resposta seria a de encontrar um meio termo, um bom equilíbrio, mas provavelmente tomar sempre a precedência.

Os psicólogos dizem que esses anos deverão ser mais utilizados para a auto-descoberta, exploração e crescimento pessoal; casamento, filhos e carreiras estáveis devem começar a florescer na década dos 30.


3. 28 são os novos 18.

Costumávamos pensar que nos tornávamos todos em adultos aos 18 anos de idade, mas estudos recentes têm-nos mostrado o contrário.

O desenvolvimento cognitivo de uma pessoa jovem continua numa fase posterior, muito além dos 18 anos: até que o córtex pré-frontal do cérebro esteja totalmente desenvolvido, a maturidade emocional e o julgamento de uma pessoa ainda não concluíram os seus cursos.

Portanto, nós realmente não podemos considerar qualquer um adulto até que tenha atingido a idade de 28 anos.


4. As taxas de divórcio estão em altas.

Como a American Psychological Association afirma, neste momento, cerca de 40-50% dos casais acabam por se divorciar. Também descobriram que aqueles em relacionamentos felizes são muito mais saudáveis tanto física como mentalmente.

Porque o córtex pré-frontal do cérebro não está totalmente desenvolvido até aos 28 anos, cada vez mais estamos declarando que é benéfico esperar até os últimos anos da década dos 20.


5. Porque agora é a hora.

Alguma vez já deste cabo de um joelho com a idade de 23? Sim, é verdade, não é assim tão mau. Estouras alguns anti-inflamatórios, descansas um pouco, e então estás de volta à acção.

Aos 33 anos, no entanto, o tempo de recuperação tende a envolver um pouco mais de atenção: nossos corpos simplesmente não são os mesmos nos nossos 30 anos como eles eram nos nossos 20. Tendo dito isto, os teus 20 anos são o tempo ideal para fazeres toda a m*rda que queres fazer.

Queres fazer um 360º no teu snowboard na Serra Nevada? Vai fazê-lo.

Queres ir surfar naqueles remoinhos na Indonésia? Atira-te a eles.

Queres fazer bungee jump da ponte Bloukrans na África do Sul? Porra. Sim.

Comentários

Somos a plataforma preferida da Geração-Y para os tópicos mais quentes e mais na moda dos dias de hoje, desde política a relacionamentos e tudo o que se encontra pelo meio.

CoffeeBreak © 2016 - Todo o conteúdo pertence aos seus utilizadores.

To Top

QUERES MAIS HISTÓRIAS COMO ESTA?

O botão mágico abaixo entrega-te as melhores histórias no Facebook.