,

Deixa ela dormir! Mulheres precisam de mais sono do que os homens, diz a ciência

Os casais vão por vezes discutir sobre quem dorme mais. E de acordo com um estudo, verifica-se que a tua mulher deve ser a única a adormecer, não tu.

O estudo examinou 210 homens e mulheres de meia idade e descobriram que as mulheres sofrem mais problemas de saúde por falta de sono do que os homens.

“Descobrimos que para as mulheres, sono de má qualidade está fortemente associado ao alto nivel de stress psicológico e aumento dos sentimentos de hostilidade, depressão e raiva. Em contraste, estes sentimentos não foram associados com o mesmo grau de disturbios do sono nos homens”.

“Uma das principais funções do sono é permitir ao cérebro recuperar e reparar-se”, diz o professor Jim Horne, director do Sleep Research Center na Loughborough University e autor de Sleepfaring: A Journey Trough The Science of Sleep. “Durante o sono profundo, o córtex – a parte do cérebro responsável pela memória, pensamento, linguagem e assim por diante – desconecta-se dos sentidos e entra em modo de recuperação”.

Ele continua: “Quanto mais usares do teu cérebro durante o dia, mais ele precisa de recuperar-se e consequentemente, mais sono precisas. As mulheres têm tendência a fazer mais que uma coisa ao mesmo tempo… e assim, elas usam mais do seu cérebro do que os homens. Por isso, a sua necessidade de sono é maior”.

Mas porque é que as mulheres precisam de mais sono do que os homens?

Melhor vídeo de sempre


“Isto é porque o cérebro das mulheres estão ligados de forma diferente dos homens e são mais complexos, pelo que a sua necessidade de sono será um pouco maior. A média é de 20 minutos mais mas algumas mulheres podem precisar um pouco mais ou um pouco menos do que isso”.

Assim em cada sentido, sim, os cérebros das mulheres são mais complexos e precisam de mais tempo para relaxar e recuperarem durante a noite.

Criado por Henrique João

Profile photo of Henrique João

Depois de ganhar apreciação pelos professores que trabalham em pequenas vilas de Portugal, eu tornei-me um adulto interessado em política e como isso afeta os alimentos, água limpa, os direitos para todas as pessoas, o clima e a saúde.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *