,

Conheçam o herói ‘com o braço de ouro’ que salvou mais de 2 milhões de bebés

Já fiz isso
Já fiz isso

Não deve existir mais ninguém na Terra cujo sangue seja mais importante de que o australiano James Harrison.

O homem de 78 anos possui um extremamente raro tipo de plasma que permite que centenas de milhares de mulheres tenham crianças saudáveis, segundo Daily Mail.

Quando tinha 14 anos, Harrison viu o seu pulmão a ser removido numa operação de risco que envolveu receber 13 litros de sangue doados por estranhos. Essa foi a sua grande inspiração para se tornar ele próprio um dador assim que completou os 18 anos.

Depois da primeira vez que doou, os médicos informaram-no que ele teria um raro anticorpo no seu sangue que poderia ser usado para tratar milhões de mães que sofriam de uma doença horrível.

Jemma Falkenmire, da Cruz Vermelha Australiana disse:

Melhor vídeo de sempre


Na Austrália, até 1967, existiam literalmente milhares de bebés que morriam todos os anos, sem que os médicos soubessem porquê. As mulheres estariam a ter imenso abortos e muitos bebés nasciam com danos cerebrais.

A causa era Eritroblastose Fetal, mais conhecida com ‘doença de Rhesus’, que ocorre quando uma mulher grávida tem sangue RH-negativo e o seu feto tem sangue RH-positivo herdado do pai.

Com a ajuda do plasma do sangue de Harrison, os médicos conseguiram criar uma vacina Anti-D, uma injecção que impede que as grávidas com sangue RH-negativo desenvolvam anticorpos perigosos.

softlayer

Mais de 2 milhões de bebés foram salvos.

“Cada pedaço da vacina alguma vez feita na Austrália foi produzida pelo sangue de Harrison. E mais de 17% das mulheres da Austrália estão em risco, por isso James salvou imensas vidas.”

Agora conhecido como “O homem com o braço de ouro”, Harrison tem doado sangue quase todas as semanas nos últimos 60 anos. O braço de James está assegurado em cerca de €750.000 desde as inicias doações.

O que o torna ainda mais admirável é que, embora já tenha doado mais de 1.000 vezes, Harrison tem pavor de agulhas e nunca olha para ela a entrar no seu braço.

“Eu não consigo aguentar olhar para o sangue, e não suporto a dor.”

Um verdadeiro herói.

Criado por Miguel Camacho

Profile photo of Miguel Camacho

Eu perdi muito peso e ganhei um pouco de conhecimento sobre a obesidade e cuidados de saúde. Eu gosto de ler e escrever sobre essas coisas. Embora já não esteja mais em Portugal, os meus sonhos são tão ambiciosos como sempre (e muitas vezes incluem saltar para a água com o meu telemóvel).

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *