,

Às vezes, não dar certo é a melhor coisa que podia ter acontecido

Já fiz isso
Já fiz isso

Se conseguíssemos ter paciência para aguardar a passagem do tempo, e só depois manifestar as nossas impressões sobre aquilo que aconteceu, evitaríamos conclusões precipitadas e seríamos mais gratos.

Gratos porque assim perceberíamos que o que aconteceu, ainda que na altura tenha parecido errado, às vezes foi o melhor para a nossa vida, embora pensássemos exatamente o contrário, enquanto nos lamentávamos no meio de um turbilhão de emoções que nos tomam no exato momento em que algo não corre de acordo com o que queremos.

Nós costumamos antecipar-nos ao sofrimento. Só prestamos atenção àquilo que perdemos, ao que se foi, ao que não é mais e ao que não está mais.

Esquecemos-nos de tentar perceber o que ainda podemos conquistar, esquecemos-nos que os espaços vazios podem ser preenchidos com mais, com coisas melhores, com pessoas mais generosas, momentos mais grandiosos.

A vida costuma seguir o seu curso e nem sempre é carinhosa, muitas vezes põe em causa as nossas verdades, desequilibra as nossas certezas, faz-nos questionar se o que estamos a fazer vale realmente a pena.

E é desta forma que a vida nos coloca de frente com o que somos, é assim que a vida nos fortalece, com o intuito de nos motivar a seguir em frente, sempre, apesar de tudo o resto. Muitas vezes a vida afasta-nos de coisas que, sem que percebêssemos, nos impediam de ampliar o nosso mundo.

Existem tantas oportunidades prontas para nos abraçar, tantas pessoas a aguardar o nosso olhar, tantos lugares para visitarmos, tantos amores para dividirmos, muito melhores do que grande parte daquilo que achamos ser o mais certo para nós.

Prendemos-nos a tantas amarras ilusórias, enquanto nos tornamos cegos ao mundo que está mesmo ali do nosso lado. Muito do que não aconteceu, na verdade foram bênçãos que equivocadamente pensamos serem perdas.

O que não aconteceu simplesmente não era para ter acontecido.

Logicamente, será difícil mantermos serenidade durante os momentos de decepção e frustração, porém, confiar no tempo e no que de melhor a vida tem para nos oferecer será essencial para que não nos demoremos exageradamente a lamentar aquilo que grande parte das vezes não merece sequer lamentação.

Manter o pensamento positivo é viver com a certeza de que a gente merece ser feliz, mesmo que não seja neste exato momento, mas no momento certo.

(Texto de Marcel Camargo)

Criado por Marta Rocha

Profile photo of Marta Rocha

Eu estou a trabalhar em grandes ideias e num pequeno jardim. Eu acredito que há uma abundância enorme no planeta, muito dinheiro e muito amor para todos. As pessoas são a minha paixão. Quero perceber porque não fazemos as coisas que queremos fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Vídeo em destaque