Connect with us

Published

on

O mundo digital sobrepõe-se ao mundo analógico em quase todos os campos da nossa vida. Claro está que existem excepções à regra, mas quando temos duas soluções (analógico e digital) para o mesmo problema, se escolhemos a tecnologia mais antiga será por uma questão de gosto. Exemplo básico: máquina de escrever ante o ecrã e as possibilidades de um software de escrita.

Hoje em dia podemos dividir as gerações em duas, se tivermos apenas em conta um factor: terem nascido antes ou depois da invenção da Internet. A geração que nasceu depois do advento da Internet, tem o nome de geração Z e saiu do ventre materno praticamente com um smartphone nas mãos. Esta geração nunca soube o que era ter de rebobinar uma cassete com uma caneta Bic, esperar pelo sinal aberto da televisão, ou ficar horas à espera dos pais, pois esqueceram-se que naquele dia saíamos mais cedo da escola e não havia telemóveis para os contactar.

No entanto, há uma geração que nasceu antes desta revolução tecnológica, mas cresceu com todas a regalias digitais que hoje conhecemos. Uma delas é a geração Y, ou a geração Millennium.

Para os mais novos que podem não saber a sorte que têm por terem nascido nesta época, compilámos algumas inovações digitais e de que modo mudaram o nosso mundo.

Skype e a Comunicação Digital

Comecemos com a comunicação digital. Há muito para explorar sobre este tema, a mais óbvia seria talvez a invenção do telemóvel, mas vamo-nos focar numa ferramenta que antes não existia: o Skype. O Skype surgiu em 2003 e actualmente é uma ferramenta de vídeo, voz e texto que permite pôr-nos em contacto duas ou mais pessoas ao mesmo tempo. Também permite o envio de ficheiros e até é utilizado por empresas para os seus funcionários comunicarem entre si.

Jornais pela internet

Hoje em dia, é raro ver alguém abaixo dos 40 a ler um jornal no seu formato original, o papel. Claro que ainda podemos encontrar nas bancas todos os principais jornais da nossa praça no formato papel, mas é raro o jornal que não tem a sua versão digital. Os jornais online, como por exemplo o Público, proliferam nas camadas mais jovens, não só pela sua conveniência, mas porque também podemos aceder à maior parte dos seus conteúdos gratuitamente. A versão digital também permite que sejam veiculadas as notícias mais recentes.

Jogos em todas suas formas – e em qualquer lugar

Antigamente, passar um serão a jogar implicava ou passar umas horas a jogar sozinho ou reunir os amigos para se divertirem todos em grupo. Hoje em dia, os jogos online permitem-nos jogar tudo e a qualquer hora. Desta feita, nem precisamos de chamar os nossos amigos para nossa casa. Podem-se combinar torneios online ou então jogar com milhares de novos amigos todos os dias. Os jogos online evoluíram bastante nos últimos anos.

Pense que coisa maluca: algo que precisava juntar as pessoas no mesmo sítio agora pode ser praticado por várias em diferentes pessoas ao redor do globo. Nas memórias de Casanova há descrição de vários jogos, como roletas. Nos filmes de James Bond – notoriamente Dr No, Thunderball e Goldeneye, conforme informa o sítio-museu do personagem – elas também aparecem. Actualmente, não é necessário ser Casanova ou Bond: é possível jogar com pessoas em diferentes pontos do mundo – basta ter um computador ou um telemóvel para tanto. Em caso de outros jogos mais recentes do que estes lúdicos de casino, a teoria é a mesma.

Veja um exemplo recente: os chamados first person shooters (jogos de tiro em primeira pessoa) em multiplayer tinham como necessidade uma consola e quatro jogadores na mesma sala – exemplo clássico é, falando em James Bond, Goldeneye 007, para o Nintendo 64. Hoje você pode estar sozinho e pela conexão com a internet, jogar Call of Duty em seu PlayStation 4 com alguém na Ásia ou na África que sequer conheces.

As pessoas mais idosas dirão que o melhor método é guardar o dinheiro debaixo do colchão, mas felizmente podemos contar com os bancos para essa tarefa. Se antigamente tínhamos de perder horas para ir ao nosso banco tratar de qualquer assunto, hoje basta-nos um computador e um acesso à Internet e podemos gerir todo o nosso dinheiro. Os bancos online vieram facilitar imenso a nossa vida, mas é preciso tomarmos precauções para não sermos vítimas de phishing.

Comments

Publicidade

Publicidade

Mais Populares