,

Meu anjo: Uma carta para a minha mãe nos céus

Já fiz isso
Já fiz isso

Meu anjo,

Por onde começo? Sinto mais falta de ti do que as palavras podem explicar. Cada dia que passa, a minha vida enche-se com novos momentos dos quais tu não podes fazer parte. A minha vida está preenchida, fazendo novas memórias que eu não posso partilhar contigo.

Esta realidade é difícil. É tão difícil. Muitas vezes, é mesmo impossível tentar e ser feliz e excitada por coisas sabendo que tu não estás aqui para partilha-las contigo. As coisas boas definitivamente não significam o mesmo sem ti. Encontro me apenas a desejar que tu estivesses lá para as partilhares comigo.

A vida tem sido difícil sem ti. Especialmente sendo uma rapariga com tanto ainda por crescer. Posso ser uma “adulta” o que eu não sei como tu o poderias considerar na minha idade, mas de qualquer maneira, há tantas coisas para as quais eu preciso da minha mãe, e tantas coisas para as quais eu continuarei a precisar de ti, para os próximos 50 anos.

Ninguém percebe realmente pelo o que estou a passar. Elas tentam. Elas tentam arduamente. Mas exceto as poucas pessoas na minha vida que também perderam uma mãe, elas não fazem ideia. Elas não fazem ideia como ajudar-me. Elas não fazem ideia do que dizer. Elas não fazem ideia de como
ajudar-me com este vazio doloroso no qual estou.

Melhor vídeo de sempre


Eu espero realmente que estejas orgulhosa. Desde o dia em que me deixaste, eu tenho passado a minha vida a viver para ti. Eu faço as coisas esperançosa de que as vejas. Eu faço as coisas sabendo que tu estás a ver. Eu tento viver uma vida que a minha mãe, o meu anjo, a minha melhor amiga, estaria orgulhosa.

Por vezes eu não faço sempre as melhores escolhas. Por vezes fico perdida e confusa e faço erros. Descupa teres que ver isso. Desculpa teres que ver algum e todo o drama do qual a minha vida está preenchida. Eu estou a tentar o meu melhor.

Estou a tornar-me tanto como tu. Coisas do dia a dia saem da minha boca e alguém diz “Oh meus deus, tu és mesmo como a tua mãe”, agora eu não poderia estar mais orgulhosa por ouvir isso. Consigo ver me crescendo em ti e é o melhor sentimento.

Amo-te. Sinto a tua falta. Espero ansiosamente até ao dia em que nos reuniremos outra vez, para sempre. Mas até lá, tu viverás em mim. Fechada no meu coração sempre comigo em tudo o que faço.

Sempre com amor,
A tua bebé.

Texto original de Coffeebreak protegido por copyright. Qualquer reprodução é expressamente proibida, mesmo citando a fonte.

Criado por Patricia Lemos

Profile photo of Patricia Lemos

Estudei jornalismo na escola da vida. As minhas paixões são carros clássicos, moda, comida, escrever e os meus cães. Também tenho um piriquito (mas provavelmente não queres saber).

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *