Connect with us

Published

on

O que era para ser uma brincadeira acabou por virar um grande problema para Arran Maye, de 28 anos. Ele estava de férias com um grupo de 20 amigos em Benidorm, Espanha, quando resolveu fazer uma tatuagem temporária de henna para participar numa competição de disfarces.

Acontece que Maye foi tatuado com uma tintura proibida, chamada de “henna negra”, e teve uma forte reação alérgica. O seu rosto ficou com uma cicatriz aparentemente permanente nos traçados onde foi coloca a tinta.

Para piorar, Maye ainda tentou remover a tatuagem usando remédios caseiros, como pasta dos dentes, azeite, sal e limão, mas obviamente, isso ainda veio a piorar mais a sua alergia, ao ponto dele ter ficado com falta de ar no voo de regresso a Inglaterra. Quando chegou a Leicester, onde mora, foi de imediato ao hospital, onde ficou internado durante dois dias para os efeitos da alergia passarem.

Comments

Publicidade

Publicidade

Mais Populares