Connect with us

Published

on

Um homem obrigou a mulher a andar nua na rua e filmou o momento, no estado da Flórida, EUA. Jason Melo divulgou o vídeo e tentou lucrar com o mesmo.

Considerado culpado pelo tribunal, e em risco de cumprir uma pensa de prisão de sete anos, Jason também agrediu a mulher em frente à filha de apenas dois meses.

A vítima, de 24 anos, sofre de violência doméstica desde Janeiro de 2015 segundo avança Marie Claire.

“Ele agarrou o meu pescoço, e apertou-o com muita força. Eu estava a ficar sem ar. Ele dizia muitas coisas, que eu era uma prostituta, que me podia matar naquele momento, que era capaz de tudo”, contou a mulher em tribunal. “Ele disse, ‘sabes que mais, vais pagar-mas. Vais ficar nua e ir para a rua, e vais pagar-mas’”, disse.

A mulher alega ter sido empurrada para a rua, após o marido lhe tirar a toalha. “Tira a toalha! Colabora, c****. Mostra quem és, tão bonita e tão incrível. Ela é um doce. Vamos, vamos. Diz olá para a câmara e diz porque estás a fazer isto”, são algumas das palavras proferidas pelo homem durante o vídeo.

O vídeo termina quando a mulher se consegue tapar com a capa protectora de uma mota. Para além da humilhação, Jason ainda tentou vender t-shirts alusivas à situação, nas quais estampou frases que gritou à namorada durante o vídeo. O agressor arrisca uma sentença até sete anos de prisão.

Comments

Publicidade

Publicidade

Mais Populares