,

A todas as pessoas que desistiram de mim, obrigado!

Já fiz isso
Já fiz isso

Obrigado por desistires de mim, obrigado por nunca teres acreditado que eu seria capaz.

Se não fosse pela tua constante desaprovação e rejeição, eu não teria encontrado a minha própria voz, nem a coragem e a força para lutar contra as vozes contrárias e seguir a minha própria.

Obrigado por não teres esperado por mim quando eu precisava de alguém paciente ao meu lado, obrigado por não me teres dado uma chance quando eu precisava de uma oportunidade. Obrigado por involuntariamente me empurrares e me guiares para um lugar melhor, por me empurrares para encontrar pessoas melhores que acreditaram em mim e me aceitaram, e obrigado por me dares uma razão para me afastar de ti para sempre – uma razão para nunca olhar para trás.

Obrigado por não teres sentido a minha falta quando eu fui embora, obrigado por não me teres tentado reconquistar, obrigado por me mostrares como eu não significava nada para ti. Tu mostraste-me que o mundo pode ser cheio de mentiras, que as pessoas conseguem ser falsas, que nada sobre ti era real e que nunca tivemos nada em comum.

Obrigado pelas tuas mentiras, porque me mostraram a verdade, e obrigado pela tua partida, porque me forçou a encontrar novos começos, a encontrar novas estradas e a deixar de lado o passado do qual tu fazias parte.

Obrigado por me teres tentado convencer que eu era uma pessoa difícil de amar, obrigado por me teres substituído por outras pessoas, porque isso me ensinou a ver o meu valor. Eu mereço ser aceite com todas as minhas falhas, mas mais do que tudo, obrigado por me teres mostrado que eu não te mereço.

Obrigado por desistires de mim quando eu precisava de ti. Obrigado por me colocares para baixo quando eu pensei que tu irias me levantar, e obrigado por fechares a porta quando eu precisava de um refúgio para entrar.

Tu ensinaste-me como sobreviver, como depender só de mim e como encontrar a minha felicidade longe de alguém sem caráter como tu. Tu mostraste-me que não é aquilo que tu nem qualquer outra pessoa pensa de mim que me define. Tu mostraste-me que eu posso me redefinir a mim e à minha vida.

Obrigado por saíres da minha vida, agora eu sei que perder-te era a única maneira de me encontrar, agora eu sei que precisava que tu desistisses de mim para que eu nunca mais pudesse me conformar com alguém que facilmente me deixaria ir.

Obrigada por desistires de mim nos momentos em que eu mais precisava de ti, em vez de me destruíres, eu me ergui, em vez de me fazeres chorar, tu fizeste-me sorrir.

Estou a sorrir porque o que tu pensaste ser uma tragédia acabou por ser o meu final feliz, e o que tu pensaste que era um final, acabou por ser o meu começo.

Texto de Rania Naim (tradução)

Criado por Susana Moreira

Profile photo of Susana Moreira

Eu escrevo. Eu partilho. Eu amo. Discutir é um modo de vida para mim, mas ouvir também. Tento desesperadamente ter aulas de yoga (não estou a conseguir). A minha prioridade nº1 é passar o microfone para quem nunca teve a oportunidade de falar e de ser ouvido. Assim o mundo será um lugar melhor.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *