Connect with us

Fora Da Rede

A diferença totalmente lógica entre gostar de alguém e amar alguém

Gostar é dizer: “já fiz tudo o que pude”, amar é ter a vontade de fazer sempre mais, sem medir esforços.

Published

on

Gostar é ter pressa para chegar a casa, é desistir de sair porque começou a chover, é deixar para depois o que poderia ser feito para hoje. Amar é sofrer por cada segundo que passa, é não ver o tempo passar e na hora de ir embora, lamentar: “mas já?”. Amar é sair debaixo de chuva se for preciso, ou inventar um desses programas com edredons, filmes e cafunés, é aprender com o passado, viver o presente e se importar com o futuro.

Gostar é beijar e não perder a noção do tempo nem do espaço. É saber muito bem onde se está e, de vez em quanto, abrir os olhos para conferir o mundo à nossa volta. Amar é permitir ser sequestrado por um beijo, é viajar na velocidade da luz, é sentir que se está perdido e não fazer esforço algum para se tentar encontrar. Amar é quando o beijo te deixa atordoado, sem fôlego e a sentir-se especial. Gostar é quando o beijo tem começo, tem fim, mas não tem história, é quando tu te sentes como só mais um.

Quando não existe amor, o sexo pode ser bom, mas não deixa de ser só atração. Amar é ter uma ligação que vai além da carne, é uma relação de almas. Gostar é ter vergonha de expor os seus defeitos, é esconder os erros debaixo do tapete, é tentar mostrar que se é perfeito o tempo todo, mas por trás, tu sabes que não estás a ser verdadeiro. Amar é não ter vergonha dos teus defeitos, é exibi-los sem receio, é deixar claro que estás longe de ser alguém perfeito, mas que jamais farias algo que magoasse o outro.

Gostar é dormir junto, mas levantar cedo no outro dia para outros compromissos. Amar é abrir mão da rotina e querer ficar junto até à próxima vida. Gostar é ver as qualidades, mas reparar nos poucos defeitos. Gostar é dar as mãos, mas ainda assim não se sentir seguro. É seguir com alguém, mas carregar aquela leve impressão de que não vai dar em nada. Gostar é prender-se ao outro, amar é escolher ficar mesmo com tantas opções para fugir.

Gostar é prometer, amar é surpreender. Gostar é falar, falar, falar, amar é agir. Gostar é “vou ver e qualquer coisa eu ligo-te”, amar é “liguei-te para dizer que estou a ir para aí”. Gostar é pensar: ”Eu espero o outro mandar-me uma mensagem, ou mando eu?”, amar é aparecer, comparecer, é dizer o que o coração quer sussurrar, gostar é preferir calar e falar só o que a mente deseja. Gostar é querer estar sempre certo, amar é aceitar que nem sempre tu estarás com a razão. Amar é ceder, é não ter vergonha de demonstrar afeto.

Gostar é abraços apertados, mas que não duram muito tempo. Amar é não se preocupar em mostrar todos os dias o quanto o outro é especial. Gostar é não ter planos, é duvidar que as coisas possam dar certo com o outro. Amar é fazer planos, viagens, imaginar um futuro, esforçar-se para que as coisas se realizem com aquela pessoa.

Gostar é pensar em desistir no primeiro desencontro, é querer ir embora na primeira oportunidade, é desistir do outro porque no final das contas, tu não consegues vê-lo com amor. Amar é saber que dias ruins também virão, que a vida nem sempre é um mar de rosas, que em alguns momentos as coisas vão apertar um pouco, que haverá desentendimentos. Amar é ter coragem para enfrentar os outros, o mundo e principalmente as mudanças que o tempo é capaz de trazer.

Gostar é querer ficar junto, mas nem sempre ter vontade para isso. Amar é estar junto, independentemente de qualquer coisa. Gostar é ser egoísta, é conseguir pensar só em si mesmo. Amar é resistir aos ciúmes, é não esquecer de si mesmo, mas manter o pensamento no outro. Gostar é enviar uma mensagem só para saber se o outro chegou bem. Amar é torturar-se a todo o momento e sossegar só quando receber aquela mensagem: “Já cheguei”. Por fim, gostar é prometer que vai ficar tudo bem, amar é fazer com que fique tudo bem.

Gostar é dizer: “já fiz tudo o que pude”, amar é ter a vontade de fazer sempre mais, sem medir esforços.

(Source: Iandê Albuquerque)

Comments

Fora Da Rede

Veja como Cristiano Ronaldo “Condenou” Georgina por esta ter um copo de vinho na mão

A verdade é que as imagens mostram m CR7 com olhar crítico… e depois disso Gio nunca mais pegou nesse mesmo copo.

Published

on

As imagens de Georgina com um copo de “vinho” na mão estão a dar que falar pelo mundo.

Os internautas não demoraram a criticar Georgina, mas o primeiro olhar critico veio por parte de Cristiano Ronaldo.

A verdade é que as imagens mostram m CR7 com olhar crítico… e depois disso Gio nunca mais pegou nesse mesmo copo.

Continue Reading

Fora Da Rede

Última hora: Grávida de 19 anos morre a tentar escapar ao incêndio

O comandante Fernando Farreca avançou que haviam duas vítimas encarceradas e «aparentemente em estado grave». Uma dessas vítimas é uma mulher de 19 anos que estava grávida.

Published

on

Este domingo, dia 15, foi um dia negro em Portugal. Os 523 fogos ativos no país neste domingo – hoje (dia 16) 174 permanecem ativos – fizeram várias vítimas, 10 das quais mortais. Na A25, sentido Viseu-Aveiro, o fogo chegou à estrada e na tentativa de fugir do fogo, vários carros circulavam em contramão.

Dois carros acabaram por ter choque frontal, por volta das 20h30, junto à estação de serviço de Vouzela, segundo o Jornal de Notícias.

Uma pessoa morreu nesse mesmo acidente segundo informação confirmada pelo comandante dos Bombeiros de Oliveira de Frades.

O comandante Fernando Farreca avançou que haviam duas vítimas encarceradas e «aparentemente em estado grave». Uma dessas vítimas é uma mulher de 19 anos que estava grávida.

Continue Reading

Fora Da Rede

Tragédia: Conhecido futebolista português morre em acidente

O corpo do jovem foi agora levado para ser autopsiado e, de acordo com as autoridades, as cerimónias fúnebres ainda não têm data marcada.

Published

on

Paulo Pereira morreu num acidente de mota. O jogador e GNR tinha 34 anos e trabalhava em Lisboa. Natural de Torres Novas, Paulo era muito conhecido na região pela sua carreira como futebolista. Acabou por não resistir aos ferimentos de um trágico acidente de viação e faleceu no local.

O jovem deixou mulher e um filho, menor de idade, ele que era muito querido na região de Santarém.

Paulo Pereira como jogador representou o Monsanto, o Meiaviense e o Atalaiense, dos campeonatos da Associação de Futebol de Santarém, e nesta época preparava-se para representar o Atlético Riachense.

O corpo do jovem foi agora levado para ser autopsiado e, de acordo com as autoridades, as cerimónias fúnebres ainda não têm data marcada.

Continue Reading

Publicidade

Publicidade

Mais Populares

Download gratuito de

7,250,164,321 razões porque podes fazer uma vida de sucesso online

Faz download gratuito do nosso guia e aprende como pessoas 'normais' estão a pegar nas suas habilidades, estão a transforma-las em negócios online e estão a ganhar a vida fazendo isso.
DOWNLOAD GRATUITO AGORA