,

A carta de um adepto para Cristiano Ronaldo, que está a emocionar os portugueses

Esta carta, escrita por um adepto português, para o capitão da Selecção Nacional Cristiano Ronaldo, está a emocionar os portugueses.

Para ler e partilhar:

Obrigado. Não há outra palavra para começar esta carta para ti Cristiano Ronaldo. Ver-te a chorar no relvado depois de tudo tentares para continuar a batalha ao lado dos outros soldados foi algo que me tocou enquanto português. Mas não acabava ali para ti, se não podias dentro de campo, a tua luta prosseguiu no apoio por fora. Isso é de capitão.

Tu és um companheiro que qualquer luso levaria ao lado numa guerra. Tu dás tudo. O que tens e o que não tens. Tenho a certeza que se fosse possível ficarias em campo sem uma perna. É a fibra, uns têm, outros não. Tu nasces-te assim.

Toda esta história que tu estás a construir tem uma razão de ser. A tua mãe não desistiu de ti nunca, mesmo quando as dificuldades eram muitas. Já pensaste que tu és exactamente isso: tu não desistes, tu vais até à última gota de suor, sangras se for preciso, sofres, jogas com dores, dás tudo pelo teu País. A tua mãe também deu e tenho a certeza que dará tudo por ti até ao fim.

Melhor vídeo de sempre


Tu melhoraste como jogador mas também como pessoa. Começaste a pensar mais no colectivo e tudo melhorou à tua volta. Agregaste todos os teus companheiros à volta de um objectivo e soubeste fazer com que todos ‘remassem’ para o mesmo lado. Obrigado a ti, ao Fernando Santos e todos os 22 seleccionados.

Muitos dizem que aquela borboleta que pairou no teu olho foi um sinal. Pelas imagens, quase nem te apercebeste que ela estava ali. Não te preciso de dizer o que todos nós achamos que sinal era, mas uma força maior, que só quem perde alguém que ama, percebe que existe.

Eu sou um daqueles que sempre pensei que esta hora não ia chegar, era difícil acreditar. Sempre fui daqueles que pensei que os árbitros iam sempre deitar-nos abaixo. Até aí não me enganei. Houve vários casos. Agora, que sabe bem ser contra tudo e contra todos? Foda-se, se sabe.

Resta-me enviar-te um forte abraço. E que estejas connosco até as tuas pernas aguentarem.

DV

Criado por André Costa

Profile photo of André Costa

Eu gosto de pensar sobre o futuro e escrever sobre mundos onde os direitos dos trabalhadores interessam. Também gosto de robôs e rock 'n' roll, embora não necessariamente por essa ordem.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *