Trabalhos das 9-às-6 não são, de todo, para mim.

Flickr
Dinheiro

7 Razões porque os criativos não conseguem ter sucesso num trabalho das 9-às-6

Trabalhos das 9-às-6 não são, de todo, para mim.

Flickr

Trabalhos a full-time não são para todas as pessoas. Sim, para grande parte do mercado laboral, eles são vistos como oportunidades fantásticas para te livrares de despesas e responsabilidades e para te preparares confortavelmente para o futuro (filhos, reforma, ter casa própria, etc.), mas eles também oferecem um sentido de conforto que não são benéficos para aqueles com um imenso fluxo criativo, nem para um empreendedor disposto a correr alguns riscos.

As pessoas nessas duas categorias adoram a luta diária e o alongamento de recursos até ao impossível, mesmo que não consigam parar a renda.

Aqui estão 7 razões porque os trabalhos 9-às-6 não têm lugar na vida dos super criativos:
 

1. Demasiada estrutura

Se os artistas tiverem demasiada estrutura, especialmente estrutura que outro alguém imponha, eles ficam malucos. Não estou a falar de malucos com métodos para a loucura, mas sim de malucos ao ponto de quererem matar alguém.

Empresários e criativos desejam o abstrato, o fluxo livre das coisas.

Faz Play Neste Vídeo


Eles preferem ter as peças de um puzzle para conseguirem determinar que peças encaixam melhor nas suas vidas. Eles também não se importam de encontrar espaços abertos nesse puzzle porque é exactamente assim que querem.


2. De pequena a nenhuma flexibilidade

Se o criativo não conseguir decidir o que fazer com o seu tempo e recursos, ele ou ela não serão um campista feliz.

Criativos adoram quando lhes dás um dinheiro para recursos, uma ideia abstrata do que precisa de ser feito e o tempo em que tem que estar completo.

Depois disso vão produzir um trabalho fantástico. Caramba, eles vão até produzir uma quantidade imensa de opções para que não precises de lhes perguntar para mudarem alguma coisa em particular.


3. Criativos têm que trabalhar ao seu próprio ritmo

Pressiona um criativo para terminar um trabalho num determinado tempo em que ele ou ela não se sinta confortável o suficiente, e mais vale te preparares para uma explosão nuclear.

O trabalho que este grupo completa não tem, nem pode ter, um tempo exacto para terminar.

Um criativo irá também informar-te, antes de saber a tua preferência, quanto tempo ele ou ela estimam que uma tarefa irá estar concluída.

Se não gostares das regras, um criativo não tem qualquer problema em passar para outro cliente ou outra tarefa.


4. Criativos desejam autonomia

Eles precisam de ter a total responsabilidade de um trabalho que lhes foi atribuído. Vais precisar de lhes dar todos os requerimentos necessários para fazer acontecer, e também a liberdade para o fazerem sem o constante olhar sobre os seus ombros.

Acreditem em mim, se os criativos quiserem ajuda, eles vão pedir ou procurar no Google.

Não existe interesse nenhum em interromper o foco de alguém neste grupo. Apenas irá fazer com que a tarefa leve mais tempo a estar completa. Assim, ninguém fica feliz.


5. Não se pode pedir a sua motivação a uma determinada hora do dia

Esperar que os criativos e os empresários estejam motivados durante todo o dia é completamente irrealista. Isso não deve ser esperado de ninguém, na verdade.

Embora a maior parte dos trabalhadores tentem avançar com um trabalho mesmo que não estejam motivados para tal, os criativos não vão começar uma tarefa até que seja do seu interesse.

As tarefas têm que ser feitas, eu sei, mas os criativos conhecem-se bastante bem para saberem o ponto exacto onde vão ficar motivados, e o que devem fazer para chegar a esse ponto.


6. Rotinas não fazem sentido para eles

Fazer a mesma coisa, ou coisas, todos os dias, deixam os criativos loucos.

Eles preferem ver o seu dia como blocos de tempo, em que podem ter diferentes encontros ou completar tarefas quando for conveniente para eles.

Com isso em mente, podes pensar que a maior parte dos criativos afastam as responsabilidades quando elas não se enquadram naquilo que gostam, mas é exactamente o oposto.

As pessoas criativas são muito empenhadas. Assim que decidem fazer alguma coisa, eles vão terminá-la der por onde der.


7. Criativos preferem trabalhar em indústrias não-tradicionais

Bancos, seguradoras, fábricas e os típicos escritórios não vão conseguir segurar este tipo de pessoas durante muito tempo. Esses ambientes não utilizam as forças dos criativos suficientemente bem, e por isso, eles ficam frustrados e trabalham arduamente para saírem desses ambientes.

Não te surpreendas que essas pessoas saiam mesmo antes do processo de recrutamento terminar.

Criativos precisam de ambientes em que se sintam confortáveis. Precisam da flexibilidade para fazerem projectos que os desafie com grande autonomia, para que eles possam continuar focados.

Postos de trabalho a full-time não são suficientes para este tipo de pessoas

Comentários

Somos a plataforma preferida da Geração-Y para os tópicos mais quentes e mais na moda dos dias de hoje, desde política a relacionamentos e tudo o que se encontra pelo meio.

CoffeeBreak © 2016 - Todo o conteúdo pertence aos seus utilizadores.

To Top

QUERES MAIS HISTÓRIAS COMO ESTA?

O botão mágico abaixo entrega-te as melhores histórias no Facebook.