sea-beach

Felicidade não é algo que podes adiar para o futuro!

Desenvolvimento Pessoal

6 Coisas que deves parar de fazer e que as pessoas felizes nunca fazem

sea-beach

Felicidade não é algo que podes adiar para o futuro!

As pessoas parecem estar sempre à procura de felicidade lendo frases e artigos sobre isso. Se és uma delas, já deves ter visto esta frase ou algo muito similar a ela:

Felicidade não é algo que podes adiar para o futuro mas sim algo que deves desenhar no presente.

Quantos de nós é que vivemos essa felicidade?

Pessoas felizes fazem milhões de coisas. Passam o seu tempo a expressar gratidão, cultivam optimismo, praticam bondade, criam relações amorosas, focam-se em objectivos significativos, saboreiam os pequenos prazeres da vida, e por aí adiante.

Mas elas NUNCA…
 

1. Pensam no que outras pessoas estão a fazer.

Esquece aquilo que os outros estão a fazer. Para de olhar para aquilo que são e aquilo que têm. Ninguém está melhor que tu porque ninguém pode fazer melhor do que tu. TU estás a criar o teu próprio caminho.

Faz Play Neste Vídeo


Por vezes a razão porque lidamos com a insegurança é porque ouvimos o barulho do mundo, em vez de nos ouvirmos a nós. Por isso, pára com as comparações! Ignora as distracções. Ouve a tua voz interior. Preocupa-te com a tua vida.

Guarda os teus maiores desejos e objectivos perto do teu coração e dedica tempo a eles todos os dias. Não tenhas medo de andar sozinho, e não tenhas medo de gostares de o fazer. Não deixes que a ignorância, drama ou negatividade te façam parar de seres o melhor que consegues ser.

Continua a fazer aquilo que sabes que é certo, para ti. Porque quando estás focado num trabalho significativo e em paz contigo próprio, nada te pode abalar.


2. Procuram validação através dos outros.

Quando estás satisfeito por seres tu mesmo, sem comparação ou competição para impressionares outros, todo o mundo te vai respeitar. E ainda mais importante, tu vais-te respeitar.

Verdade seja dita, ninguém tem o direito de te julgar. As pessoas podem ter ouvido a tua história, podem pensar que te conhecem, mas elas não podem sentir aquilo por que estás a passar; não são eles que estão a viver a TUA vida. Por isso esquece o que eles pensam e dizem sobre ti. Foca-te em como te sentes contigo próprio, e continua a criar o caminho que sentes ser o mais confortável para ti.

Aqueles que te aceitarem são os teus amigos. Aqueles que não te aceitarem são teus professores. Se alguém te chamar alguma coisa e for verdade, não é um problema teu porque é verdade. Se alguém te chamar alguma coisa e for mentira, não é um problema teu porque não é verdade.

O que tu chamas a ti próprio, e quem tu decides ser, é um problema teu.


3. Confiam noutras pessoas e em eventos externos para a felicidade.

Infelicidade reside naquele desvio entre aquilo que temos agora e aquilo que pensamos que precisamos. Mas a verdade é, nós não precisamos de nada mais para sermos felizes com aquilo que já temos. Não precisamos da aprovação de ninguém para sermos felizes. A tua vida é magnífica não porque alguém diz que é, ou porque compraste uma coisa nova, mas porque tu escolheste que ela assim fosse.

Não deixes que a tua felicidade seja feita refém. Está sempre em teu poder escolheres como viver e experimentar.

Assim que deixares de fazer com que tudo e todos sejam responsáveis pela tua felicidade, mais feliz serás. Se estás infeliz agora, não é culpa de ninguém. Toma total responsabilidade pela tua própria infelicidade, e vais instantaneamente ganhar a habilidade para seres feliz.

Escolhe apreciar a grandeza que há em ti neste momento, e as condições ideais vão começar a alinhar-se em torno do contentamento que procuras.


4. Guardam ressentimentos.

Deixa que o dia de hoje seja o dia em que deixas de ser assombrado pelos fantasmas do passado. O que aconteceu no passado é apenas um capítulo da tua história; não feches o livro, muda de página.

Todos já fomos magoados pelas nossas próprias decisões e por outras pessoas, e embora a dor dessas experiências seja normal, por vezes ela perdura por muito tempo. Sentimentos de ressentimento impelem-nos a reviver essa dor vezes e vezes sem conta, e é difícil ultrapassarmos isso.

Perdoar é o remédio. Permite-nos que nos foquemos no futuro sem combater o passado. Para perceber o infinito potencial de tudo o que temos pela frente temos que perdoar tudo o que deixámos para trás. Sem perdão, feridas nunca podem curar e o crescimento pessoal nunca pode ser atingido.

Isso não significa que estás a apagar o passado, ou a esquecer por completo tudo o que aconteceu. Significa que estás a deixar para trás o ressentimento e dor, e estás a escolher aprender com os incidentes e a seguir com a tua vida.


5. Passam grandes períodos de tempo em ambientes negativos.

Não podes fazer escolhas positivas para o resto da tua vida sem um ambiente que torne essas escolhas fáceis, naturais e agradáveis. Por isso protege o teu espírito e potencial de se contaminarem por limitares o teu tempo com pessoas negativas e com o ambiente que elas habitam.

Quando outras pessoas te convidam a agires como vítima, quando elas lamentam sobre a injustiça da vida, por exemplo, e te pedem para concordares, para ofereceres condolências, e para participares nas suas queixas, AFASTA-TE! Quando te juntas a esse jogo de negatividade sais sempre a perder.

Mesmo quando estás sozinho, criar um positivo espaço mental para ti. Faz com que seja uma altura para desistires de todos os pensamentos que te fazem sentir mal, ou apenas alguns deles que te têm incomodado, e vê o quando isso cria mudanças na tua vida. Não precisas de pensamentos negativos. Eles são todos mentira. Eles não resolvem nada. Tudo o que eles te dão é um falso sentimento de sofrimento sem qualquer razão.


6. Resistem à verdade.

É uma certa armadilha mortal quando passamos as nossas vidas a aprendermos a mentir, porque eventualmente essas mentiras crescem nas nossas mentes que nos tornamos tão maus em ver, sentir ou viver as nossas verdades. As vidas afastam-se tão facilmente quando estão seguradas por mentiras.

Se resistires à verdade, vais viver uma mentira cada dia como a verdade te assombra a cada noite. Não podes simplesmente fugir da verdade movendo-te desonestamente de um sítio para outro.

Por isso não cedas; não tentes esconder a verdade com decepção; não mudes a tua própria alma segundo a noção do que é popular. É muito melhor não dar nenhuma explicação ou desculpa do que uma mentira. É preciso força e coragem para admitir a verdade, mas essa é a única forma de vivermos verdadeiramente. Aceita o que é, abraça na totalidade, e vive para as possibilidades que tens pela frente.


 

Tua vez…

O que acrescentava a esta lista? O que é que NÃO devemos fazer se quisermos ser felizes? Deixa o teu comentário e partilha as tuas ideias.

Comentários

Somos a plataforma preferida da Geração-Y para os tópicos mais quentes e mais na moda dos dias de hoje, desde política a relacionamentos e tudo o que se encontra pelo meio.

CoffeeBreak © 2016 - Todo o conteúdo pertence aos seus utilizadores.

To Top

QUERES MAIS HISTÓRIAS COMO ESTA?

O botão mágico abaixo entrega-te as melhores histórias no Facebook.