17391

Está um ser humano no outro lado da linha. Uma pessoa real, que trabalha num local stressante, com uma grande pressão para produzir resultados.

Listas

25 Coisas que os Operadores de Call-Center querem que saibas

17391

Está um ser humano no outro lado da linha. Uma pessoa real, que trabalha num local stressante, com uma grande pressão para produzir resultados.

Operadores de Call-Center. Tu odeias eles. Eu odeio eles. Queres saber um segredo? Eu já fui um. Durante 8 anos, na verdade. Não é um trabalho fácil, e existem algumas coisas que nós queriamos que vocês entendessem:

1. Não queremos estar a falar contigo da mesma forma como não queres estar a falar connosco.

2. Por vezes isso acontece porque és um imbecil.

3. Quando é por seres um imbecil, nós gozamos contigo com os nossos colegas depois de desligarmos a tua chamada.

4. Por vezes é só porque é um trabalho stressante, díficil e não o queremos estar a fazer.

Faz Play Neste Vídeo


5. Por vezes é porque nos sentimos mal porque o nosso trabalho requer que sejamos mais persistentes do que gostamos de ser.

6. Mas usualmente é porque as pessoas com quem falamos são imbecis.

7. Não fazemos isto por diversão. Não fazemos isto porque gostamos de Call-Center. Fazemos porque precisamos de dinheiro e somos fãs em ter comida para comer e uma casa para viver.

8. A sério, estás consciente como tem sido o mercado de trabalho nos últimos anos? É verdade que tem melhorado mas continua a ser extremamente difícil.

9. Se perguntarmos “Estou a falar com Sr/Sra ______ ?” e se mentires e disseres que não porque não queres falar connosco, isso apenas significa que vamos ter que te ligar novamente e perguntar.

10. Mesmo que consigamos perceber que estás a mentir.

11. E sabemos quase sempre quando estás a mentir.

12. Se disseres “Não está aqui, mas não telefone novamente,” na maior parte das vezes isso não interessa. Porque é a pessoa que queremos falar que nos tem que dizer isso, e se disseres que não és ela, vamos ligar de volta.

13. Pára de dizer que não tens tempo para falar, e depois refilares durante vários minutos sobre porque não queres falar connosco.

14. A sério, no tempo que te levou a refilares durante a chamada podiamos ter resolvido tudo e teriamos terminado.

15. Pára de nos interromper para dizer que não queres ser mal educado e desligar a chamada. Ou desliga, ou deixa-nos falar. Interromper-nos é bastante mais mal educado E apenas vai tornar a chamada mais longa para os dois.

16. Num certo nível, até nos preocupamos com o que estás a passar. Sentimo-nos mal em ser persistentes quando já explicaste 2827292 vezes porque não queres comprar o que estamos a vender.

17. Não é que nós queiramos ser persistentes; é o nosso trabalho. Por isso não grites connosco porque nós gostamos disto tanto como tu.

18. Na verdade, se NÃO formos persistentes o suficiente arriscamo-nos em perdermos o nosso trabalho e, novamente, somos grandes fãs de conseguirmos comer e viver, por isso temos tanta escolha na matéria como tu.

19. Se nos disseres para “arranjar um trabalho a sério”, nós vamos automaticamente assumir que tu és um enorme imbecil que não devia ser permitido comunicar com outras pessoas mais decentes.

20. ESTE é um trabalho a sério. Paga a nossa renda, compra a nossa comida, paga-nos as propinas da escola, ajuda-nos a vestir os nossos filhos, etc.

21. Porque fazer telemarketing então? Porque não arranjar um trabalho diferente? Flexibilidade. Se andamos na escola ou tivermos filhos ou outro trabalho, precisamos de um trabalho que podemos conciliar com a nossa agenda, e nos calls-center normalmente é possível.

22. Se tu não queres que voltemos a entrar em contacto, usa estas palavras mágicas: “Tirem-me da vossa lista de contactos.”

23. Um “por favor” também seria bem apreciado de vez em quando.

24. Quando terminamos a chamada dizendo “Tenha um bom dia,” a resposta correcta seria “Obrigado, igualmente!” Não desligues o telefone na nossa cara. A sério, quem te ensinou boas maneiras?

25. Mais importante, está um ser humano no outro lado da linha. Uma pessoa real, que trabalha num local stressante, com uma grande pressão para produzir resultados, a ser insultado pelo seu chefe e por ti, constantemente a lutar por uns euros, e a ser forçado a fingir um sorriso e uma atitude simpática a qualquer imbecil com um telefone, para além se ser mal pago, estar exausto e ser insultado a cada 3 – 5 minutos.

Por isso não sejas um imbecil.

Comentários

Somos a plataforma preferida da Geração-Y para os tópicos mais quentes e mais na moda dos dias de hoje, desde política a relacionamentos e tudo o que se encontra pelo meio.

CoffeeBreak © 2016 - Todo o conteúdo pertence aos seus utilizadores.

To Top

QUERES MAIS HISTÓRIAS COMO ESTA?

O botão mágico abaixo entrega-te as melhores histórias no Facebook.