Connect with us

Published

on

Nos dias de hoje, a lista de a fazeres de toda a gente tem um kilómetro de distância. Tentar enquaixar o sexo numa agenda já tão apertada pode parecer perto do impossível algumas vezes.

Mas para casais casados que o põem em prática regularmente, a recompensa pode ser substancial. Fizemos uma pesquisa recentemente sobre um grupo de especialistas sexuais para nos dizerem os beneficios de fazeres sexo com a tua esposa numa base quase diária.

Lê o que eles têm a dizer em baixo:
 

1. Aumenta a tua criatividade no acto.

“Ter sexo todos os dias pode retirar a ti e à tua parceira de qualquer rotina sexual que possa ter acabado por cair, e pode desencadear mais experiências como também mais conversação directa sobre o que funciona e o que não”. Disse a psicóloga e terapeuta de casais ao Huffington Post.

“Afinal de contas, não vais querer fazer exactamente a mesma coisa sete noites por semana.”


2. É uma forma de se conectarem – apenas os dois.

“À medida que as nossas vidas se tornam cada vez mais atarefadas (Filhos, carreira, Netflix compulsivo!), tornou-se vital que os casais encontrem formas de união um com o outro”. Disse a blogger de casamentos Meg Conley.

“Existem inúmeras formas de o fazer… ler juntos, dar as mãos em passeios, noites românticas, conversas estimuladoras intelectualmente. Devo dizer, contudo, existe algo especial, eléctrico — transcendente até! — sobre a altura que nos deixamos levar pela intimidade fisica. Isso recarrega-nos individualmente e como casal, numa forma que nenhuma quantidade de leitura em voz alta um ao outro alguma vez permitiu”


3. É uma lembrança de que se amam primeiro lugar. Tudo o resto é secundário.

“Ter uma rotina diária de conecção erótica (quer seja brincadeiras, dizer um ao outro as suas fantasias ou fazendo sexo) irá manter a tua vida mais animada e divertida.” Disse a especialista sexual Danielle Harel ao HuffPost.

“Cria também uma sensação que são dois adultos na mesma equipa ao contrário de serem apenas pais ou pessoas de negócios ou todas as outras identidades que nós podemos assumir algumas vezes”.


4. Pode revigorar o seu casamento.

Podes ter receio que um encontro regular, diário para sexo signifique que a tua vida amorosa não é espontânea, ou que irá perder o seu lado romantico.

Muito pelo contrário, sexo diariamente pode na verdade gerar mais romance na tua relação. Quando se comprometem um com o outro todas as noites, mesmo quando não tens muita vontade, quando estás cansada ou simplesmenta está a dar algo óptimo na TV, isso mostra ao teu parceiro que estás comprometida com a tua relação e com a tua vida íntima juntos.


5. Orgasmos. É preciso dizermos mais alguma coisa?

Eu inscrevo-me para isso todos os dias!


6. Oferece-te algo que anseias ao final de um longo dia.

Sexo pode se tornar uma pausa para as obrigações de trabalho, filhos e vida em geral.

Se tu sabes que vais ter sexo todos os dias, podes olhar para isso como uma altura em que sabes que podes conectar-te com a tua parceira sem mais nada à volta para te distrair.


7. E lembra-te, existem imensas maneiras de soltares a tua loucura.

Fazer amor num ritual diário é uma afirmação também diária da vossa ligação única e do romance em execução.

Não precisa de ser sexo que te faça perder a cabeça… Beijar mais do que só para dizer olá ou adeus, dar um ao outro uma massagem sensual, provocarem-se antes de se apagarem as luzes ou enquanto te estás a preparar para a noite, preenche qualquer dia com satisfação e conecção intima.


8. É uma maneira fácil de injectar algum divertimento na tua vida.

Eu passo demasiado tempo a fazer as coisas que eu tenho de fazer (Compromissos, prazos, tarefas, compras de supermercado com crianças irritadas). Sexo com o meu marido é algo que eu QUERO fazer.

Com a pessoa que mais amo. Que me ama com 5kg a mais ou 5kg a menos, ou qualquer outra coisa ridicula das minhas inseguranças loucas que me deixam mensagens em alguma altura.


9. Variedade é o encanto da vida.

Existem diferentes tipos de sexo: sexo emocional que é fazer amor, sexo como forma de aliviar o stress, sexo que só se baseia em fantasias e criatividade e sexo que apela a diferentes patamares sensitivos como vista, som, toque, sabor e cheiro.

Tal como na pirâmide alimentar insere-te em todos estes “grupos sexuais” para teres uma vida sexual nutricionalmente equilibrada.


10. Aquela quimica do cérebro induzida pelo sexo é algo poderoso.

Quando fazemos sexo com a nossa parceira estamos a libertar quimicos nos nossos corpos que nos fazem sentir bem como dopamina, testosterona, oxytocina e endorfinas” Disse Nelson ao HuffPost. Quando eles são libertados, uma sensação de bem estar e até euforia nascem.

Comments

Sexo

30 Formas de saberes que ELE é o melhor sexo que alguma vez terás

O sexo bom, especialmente para as mulheres, realisticamente não é difícil de encontrar… Mas o melhor sexo que alguma vez terás é uma coisa que só acontece uma vez na vida.

Published

on

O sexo bom, especialmente para as mulheres, realisticamente não é difícil de encontrar… Mas o melhor sexo que alguma vez terás é uma coisa que só acontece uma vez na vida.

Há 30 maneiras de saber se ele é o melhor sexo que alguma vez vais ter e o melhor é não o deixares ir embora…

1. Ele não tem medo de experimentar com qualquer coisa que tu possas gostar.

2. Só o cheiro dele tem a capacidade de te dar uma tesão de doidos.

3. Ele tem absolutamente zero reservas em comer a tua bichana como se fosse a última refeição que ele alguma vez terá…

4. E ele sabe o que fazem os teus dedos dos pés encaracolarem e o teu corpo tremer
enquanto ele está lá em baixo.

5. Ele é criativo e nunca faz demasiado da mesma coisa, independentemente de quão bom saiba…

6. Ele está sempre à procura de maneiras novas e excitantes para se virem os dois.

7. Vocês sempre se tocam um ao outro; mesmo fora do quarto porque precisas de contacto físico com ele para te sentires à vontade.

8. Ele beija-te profundamente, apaixonadamente, e agressivamente antes, durante, e depois de fazerem sexo espetacular.

9. Literalmente nunca estiveste tão incrivelmente exausta como estás à medida que ele fode a vida de dentro de ti todos os dias…

10. Mas de uma maneira boa.

11. Perder cuecas, boxers, brincos, fronhas, etc é na verdade uma parte totalmente normal da tua rotina.

12. Tu estás relaxada e estão totalmente confortáveis um com o outro.

13. Honestamente, a menos que estejas no meio de um orgasmo de encaracolar os dedos, queixos abertos, punhos fechados então nunca te deverias sentir tensa.

14. Se ele diz o teu nome durante o sexo, quer ele o diga num sussurro numa baixa voz rouca ou aos gritos enquanto ele chega ao clímax… muito atraente.

15. Ele manda te mensagens fofas e atrevidas durante o dia…

16. Ele manda-te fotos/mensagens atraentes à noite antes mesmo de te ver, apenas para de deixar a saber o quanto ele te quer.

17. Ele pode ser bruto, agressivo, e excêntrico como o caralho contigo… mas nunca
degradante.

18. Ele encoraja-te a masturbares te e a tocares-te.

19. E ele clarificou que absolutamente amaria ver te a fazê-lo, mas não puxa o assunto.

20. Literalmente tu queres fudê-lo à toda a porra do tempo.

21. Mesmo quando não estão juntos, tu lembras-te das últimas noite de sexo espetacular que tiveram.

22. Esqueces-te de tudo o que se passa no mundo quando estás a fazê-lo.

23. As roupas ficam penduradas na ventoinha de teto, no sofá da sala, na cabeceira da cama… e ainda assim o teu sutiã não se encontra em lado nenhum.

24. Todo o teu corpo fica incrivelmente dorido no próximo dia absolutamente por nenhum motivo.

25. Exceto que há totalmente um motivo e tu sabes o porque foste fudida grandiosamente na noite passada.

26. Toda a parte superior do corpo dele parece que foi arranhada por um gato (nenhum de vocês tem um gato).

27. Tu acordas na manhã seguinte numa confusão de membros enrolados, confusa para caraças, porque nenhum de vocês se lembra de adormecer depois de fazê-lo na noite anterior.

28. Tu dizes-lhe que ele é o melhor que já tiveste (e nem sequer estás a mentir).

29. Ele nunca empurra a tua cabeça para baixo para lhe chupares o pénis.

30. Tu nem sequer te levantas depois para fazer chichi (provavelmente deverias), ambos deitam abaixo um como de água e depois abraçam-se e toda a noite num monte suado e nu.

Continue Reading

Sexo

Não existe mulher que “dá” no primeiro encontro. Existe mulher que faz sexo quando está com vontade.

Ah, rapaz. Tu vais acabar sozinho. Porque nunca te soubeste conectar.

Published

on

Entende uma coisa: Não existe mulher que “dá” no primeiro encontro.

Existe mulher que faz sexo quando está com vontade.

Ela não te “deu”. Ela nunca te pertenceu. Então não venhas com essa de “ela deu pra mim”. Porque na verdade, ela não foi tua. Ela não conta primeiro, segundo ou terceiro encontro. Ela valoriza os momentos. Ela valoriza as conversas. Os sorrisos. Os olhares.

Ela valoriza aquilo que desperta vontade. Aquilo que desperta tesão em viver. Se ela fez sexo contigo, é porque ela quis.

Não penses que ela faz sexo com todos. Ou pensa se quiseres. Até porque isso não é da tua conta.

Tu não a “comeste”. Ela ainda está inteira. Ainda ri de coisas parvas na TV. Ainda lê um livro antes de dormir. Ainda sai com as suas amigas no sábado à noite. E almoça na casa dos pais no domingo.

Tu não a “comeste”. Porque gente não se come. Gente sente-se. Ela não saiu por aí a gritar para todos o quanto o vosso momento a sós foi bom ou mau, ou o quanto tu foste grosso com ela. Ela não precisa dividir isso com ninguém. Então porque é que tu precisas?

Para te sentires mais “macho”?

Para te sentires mais “homem”?

Não rapaz.

Ela não é metade do que tu pensas. Ela é tão extraordinária, que nem cabe dentro dos teus pensamentos. Ela não te ligou, nem estava à espera que tu lhe ligasses. Ela não precisa da tua aprovação. Ela não precisa saber se foi bom para ti. Porque se tiver sido bom para ela, ela vai fazer acontecer de novo.

Não, ela não estava bêbada. Nem drogada. Ela fez porque quis. Porque estava a fim. Quando ela se arrumou naquela noite, ela já sabia que seria para enlouquecer. Ou para enlouquecer alguém. E podes ter a certeza que tu não a enlouqueceste. Tu não a ganhaste na tua conversa fiada.

Ela foi porque estava a fim. Porque ela te escolheu. Não saias por aí a dizer que tu a ganhaste. E que tu a ganhas à hora que quiseres. Ela não te viu como um pedaço de carne. Ela não vê ninguém assim.

Ela gosta de conexões. Nem que seja só por uma noite. Ela gosta de se sentir ligada à alma de alguém. De sentir o calor. De olhar nos olhos. De sentir prazer físico e emocional. E se ela te achar vazio demais, não vai rolar de novo.

Tu podes rezar. Implorar. Mandar flores. Mas ela é decidida. Tem personalidade forte. E no dia em que ela se casar, vai ser com um homem de muita sorte.

Porque de todas as conexões que ela teve, aquela terá sido a mais forte. Ele terá sido a alma que ela escolheu. E os dois serão eternamente enlouquecidos, um pelo outro.

E tu?

Ah, rapaz. Tu vais continuar a perder tempo. A falar por aí das mulheres que tu achas que comeste. Vais continuar a perder tempo a achar que ganhaste alguém. Tu vais acabar sozinho. Porque nunca te soubeste conectar.

Nunca soubeste sentir a alma de alguém.

(Source: Helena Ferreira)

Continue Reading

Sexo

Pessoas que têm sexo todos os dias são mais saudáveis, felizes e mais criativas

Envia este artigo a alguém que queiras manter saudável, feliz e artistico – depois vocês os dois que encontrem um quarto. Não precisas agradecer!

Published

on

Existem apenas poucas coisas que eu consigo fazer nos meus dias mais cinzentos para os fazer parecer um pouco mais iluminados; esta pequena lista inclui aspectos como chorar durante uma hora inteira ao telefone com a minha mãe, comer Doritos e fazer sexo.

Isto acabou de ficar bastante pessoal? Bem, é a verdade. Apoiar-me na minha mãe, mergulhar numa taça cheia de burritos picantes da minha marca favorita e soltar a franga são apenas algumas das maneiras certas para eu me conseguir equilibrar depois de um dia mau.

Mas, por alguma razão, fazer sexo parece ser o factor mais determinante no meu humor.

Por outro lado, tão dramático como parece, não fazer sexo afecta da mesma maneira uma pessoa como eu. Os meus amigos mais chegados conseguem imediatamente perceber quando estou com necessidade de alguma acção da mesma maneira que a maioria é capaz de perceber quando alguém acabou de ter sexo.

Quando estou frustrado sexualmente, irrito-me facilmente e torno-me sentimental durante breves instantes.

Quando somos afortunados de ter sexo basicamente todos os dias – quer seja numa relação com um parceiro regular ou durante encontros de uma noite (super seguros) – sexo pode ser um acto vantajoso para a nossa saúde, felicidade e até mesmo criatividade.

Sexo é um acto completamente normal em que todos nos envolvemos e uma vasta investigação prova que ter sexo diariamente é na verdade incrível para os humanos em vários aspectos. Então porque se manteve um assunto assim tão taboo?

Vamos quebrar as barreiras e discutir porque devemos ter todo o sexo que conseguirmos.

Pessoas que fazem sexo todos os dias são pessoas mais felizes

Não é nenhuma novidade que nos sentimos a melhor pessoa do mundo após termos feito sexo. Mas sabias que estes efeitos se mantêm dentro de nós muito depois de termos baixado os lençóis?

A blogger Brittany Gibbons do Huffington Post partilhou a sua história sobre ter sexo todos os dias durante um ano inteiro no seu blog, onde ela expressou um acréscimo de confiança, excitação pela vida e felicidade global.

No início, o compromisso pelo sexo todos os dias de Gibbons alterou a sua rotina normal e ela sentiu que poderia estar a acrescentar algum stress desnecessário na sua vida. Mas quando ela e o seu parceiro começaram a martelar os lençóis, tudo começou a se alterar.

Escreveu ela:

“Parou de ser uma tarefa e tornou-se num momento do dia onde me sentia mais em paz. Onde eu podia ter uma conversa verdadeira com o meu marido sabendo que ele estava realmente a me dar ouvidos e não a ver televisão secretamente.”

Ter relações sexuais revela a nossa confiança interior, o que pode ser a razão de nos sentirmos felizes e rejuvenescidos após o acto.

Um estudo da Universidade do Texas revela que os participantes que fazem sexo regularmente se sentiam muito mais confiantes em relação ao seu corpo do que aqueles que permaneciam inactivos.

Sexo é algo natural, também acontece ser algo realmente benéfico para ti

WebMD reporta sobre os benefícios infinitos em te comprometeres com esses momentos íntimos. Efeitos tão positivos incluem uma corrida (quase) perfeita no sistema imunitário, pressão arterial mais baixa, riscos menores de ter um ataque de coração e um decréscimo do stress e ansiedade.

Everyday Health diz que ter relações sexuais mais frequentemente também ajuda a prevenir uma data de cancros horrorosos, especialmente se atingirmos o orgasmo durante o tempo debaixo dos lençóis.

Uma vida sexual saudável significa igualmente uma vida saudável no geral e é interessante reparar que estes benefícios saudáveis não estão apenas a tomar um lugar dentro de nós.

Ter relações sexuais dá-te um brilho saudável, fazendo te parecer ainda mais sexy. Não podemos esquecer-nos que a beleza vem do interior e não do exterior. Não existe nada mais excitante que uma pessoa saudável que se sente igualmente tão espectacular como faz parecer, certo?

Também gostaria de acrescentar aqui que, pelo menos para mim, fazer sexo conta como exercício. Todo aquele bombeamento, empurrões e a brincadeira acrescentam a um exercício cardiovascular e muscular que deve ser feito todos os dias.

Quanto mais sexo temos diariamente, mais criativos nos tornamos

Psicólogos na Universidade de Newcastle descobriram que os artistas profissionais têm alguns dos números mais altos de parceiros sexuais em relação a todos os participantes inscritos.

O que é mais interessante é que somos realmente mais criados quando combinamos sexo com amor. “Psychology Today” registou um estudo comparativo criado para testar níveis de criatividade quando pensamos sobre amor ou luxúria.

Os participantes no estudo foram incitados a imaginar uma longa caminhada com os seus parceiros amorosos numa praia e posteriormente lhes pediram para fazer uns testes de criatividade que foram designados a examinar o seu nível de produção criativa.

Esses níveis de criatividade apareceram muito mais altos do que quando os participantes foram incitados a imaginar sexo casual com um parceiro de que não se sentiam apaixonados.

De facto, quando as pessoas imaginam sexo casual, os seus cérebros tornam-se mais analíticos do que criativos. Poderá ser essa mistura de sexo e amor que realmente inspiram a criatividade invés de simplesmente ter relações sexuais com o maior número de parceiros possível?

Talvez esses artistas sejam incompreendidos, à procura do amor em todos os locais errados (e criando arte bonita pouco tempo após).

E quanto a ti?

Sexo inspira as pessoas a se sentirem mais confiantes, criativas e mais livres que nunca porque é um aspecto necessário e vital na vida humana. Somos actualmente uma das poucas espécies designadas a apreciar o sexo invés de o utilizar exclusivamente para efeitos de acasalamento.

Eu acredito realmente que isso se deve ao facto de, como humanos, nós estamos designados a ser criativos e indivíduos sociais. Eu certamente me sinto mais feliz e muito mais confiante após ter relações sexuais com o meu parceiro. De facto, sinto-me libertado.

Assim como nos sentimos bem sabendo que fomos bem sucedidos em algo, é incrível saber que somos profundamente amados por alguém ou que somos pelo menos o interesse sexual de alguém.

Ter relações sexuais todos os dias desbloqueia a nossa criatividade assim como tem benefícios para a nossa saúde e felicidade. Então de que estás à espera?

Envia este artigo a alguém que queiras manter saudável, feliz e artístico – depois vocês os dois que encontrem um quarto. Não precisas agradecer!

Continue Reading

Publicidade

Publicidade

Mais Populares